Superfícies

As imagens desta série retratam as superfícies presentes nas fachadas de prédios encontradas após constantes saídas pelas ruas da cidade onde mora.

 

Tendo como propósito pensar na representação visual da simplicidade, o conjunto de capturas apresenta áreas com hiatos, e com alguns  pontos onde linhas aparecem para delimitar e colocar em evidência algumas formas presentes no exterior das edificações.

 

Esta ação de capturar as situações desta maneira salienta as particularidades das minúcias e coloca a simplicidade em um local de destaque. Assim, ao utilizar um número mínimo de elementos na cena, a artista acaba por deslocar o observador para pensar o lugar do vazio e busca pela essência.