Reminiscências

Do que é feita a memória? O trabalho Reminiscências se faz a partir desta pergunta.

 

Para artista, ao pensar nas situações vivenciadas durante a vida, as lembranças dos momentos quando vem à sua mente não são tão claros. Ana ao tentar rememora-las, tem a sensação de que uma fina camada de poeira depositou-se sobre suas recordações, e o que ela percebe são flashes desfocados, como uma sequência de borrões, com uma ausência de nitidez.

 

Então, norteada por essa ideia, a obra consiste em um esforço da artista em representar a multiplicidade de camadas que constituem a trama das suas memórias. Com aspectos turvos, de fluidez e de fugacidade, os objetos registrados quase que se diluem, deixando traços dos seus vestígios.